agostiniano@agostiniano.com       (62) 3213-3022 | 3213-3018 | 3212-2761 

 

História

Em 1954, os Padres Agostinianos chegaram a Goiânia ansiosos por dinamizar mais ainda a obra de missões e de assistência religiosa. Fundaram a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, iniciando um trabalho de amor e fé em prol da evangelização. Mas o espírito inquieto dos agostinianos não sossegava e a construção de um colégio era uma meta a cumprir.

Em 21 de agosto de 1958, foi aprovado o projeto da futura escola, na Secretaria de Viação e Obras Públicas. No dia 15 de setembro de 1959, os alicerces do vindouro colégio podiam ser vistos pela comunidade a qual aguardava ansiosa pelo benefício no espaço que havia sido demarcado para esse fim. O projeto arquitetônico foi idealizado por Dr. Felix de Souza e Sr. Eurico Godoi, arquitetos renomados da capital.

Muitas lutas e sacrifícios os Padres Agostinianos tiveram de enfrentar para a realização de seus ideais. Finalmente, em 1964, desponta, em Goiânia, uma história de paixão e de compromisso com a educação: foi inaugurado o Curso Primário (atual Ensino Fundamental I) e, gradativamente, instalados outros cursos. Nascia assim o Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima.

Em 1965, iniciou-se o Curso Ginasial e, a partir desse momento, o número de alunos foi aumentando significativamente. Por isso, o colégio necessitava de mais espaços e de um Ginásio Esportivo. A autorização para a construção do mesmo foi concedida em 28 de abril de 1967. O complexo, construído pela Empresa Engil e entregue em 1968, teria 770 m2.  O espaço passou a ser usado para as aulas de educação física, as práticas esportivas da comunidade, os eventos da época e também para os encerramentos dos Cursilhos de Cristandade e Encontros de Jovens e de Casais.

Em 04 de janeiro de 1973, foi construído um pavilhão com três amplas salas, instalações sanitárias e um parque de recreio. O Colégio tornou-se mais forte e mais conhecido pela sua filosofia de educação. Tanto que, em 1977, as dependências já não atendiam à insistente procura das famílias. O Agostiniano Nossa Senhora de Fátima, nesse período, tinha 1522 alunos matriculados.

Um novo prédio seria construído. A aprovação do projeto deu-se em 30 de abril de 1979. O arquiteto foi Sr. Francisco de Assis Morais e a responsabilidade da construção ficou aos cuidados da Empresa Jardins Engenharia e Construções Ltda. A construção teve seu início em 16 de outubro de 1979 e a entrega do prédio ocorreu em 25 de fevereiro 1981.

O Colégio inaugurou um novo prédio (Novo Agostiniano) com capacidade para comportar um número muito maior de alunos. Tinha forma retangular, com uma área construída de 5.789,81 m2, em três plantas, subsolo e 41 salas de aula. Era uma construção moderna e projetada para um grande desempenho do corpo discente.

Em 1989, foram comemorados os 25 anos do Colégio, que continuava crescendo por oferecer a seus alunos uma formação integral, agostiniana e cristã.

No dia 27 de agosto de 1991, o Colégio inaugurou o Auditório e o novo Ginásio de Esportes. Esses espaços contribuíram substancialmente para ampliar a qualidade das atividades culturais, artísticas e esportivas desenvolvidas no Agostiniano.

Os Padres Agostinianos decidiram demolir o primeiro prédio, para construir outro, maior e mais moderno. Em 25 de junho de 1996, foi inaugurada a Unidade II do Colégio. Além de salas de aula, conta com um amplo salão para palestras, salas para orientação escolar, sala dos professores, capela, departamento cultural, além da parte administrativa.

Em 2014, celebram-se as nossas Bodas de Ouro. Momento significativo para a comunidade e os Padres Agostinianos por viverem conquistas tão importantes e ver realizados muitos sonhos dos fundadores.

Os avanços, ao longo dos anos e décadas, não pararam. Hoje, o diretor do Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima, Padre Eduardo Flauzino, que iniciou sua administração em 2016, constantemente traz melhorias à instituição, tais como biblioteca ampla, novos espaços esportivos, parquinhos com vila para a Educação Infantil.

Em 2017, a participação leiga em nossa escola foi fortalecida. O Padre Eduardo Flauzino nomeou como Diretora Pedagógica Adriana Ribeiro de Freitas, cuja contribuição como coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental II já era imensa, visto que tem amplo conhecimento do ensino e da espiritualidade agostiniana.

Vivem-se novos tempos... um colégio com tecnologia de ponta, Formação Continuada para os professores, Escola de Pais, Religiosidade e Espiritualidade Agostiniana nos projetos de Voluntariado e Encontro de Jovens (Coração Inquieto). Somos um Agostiniano comprometido, desde sempre, com uma educação inclusiva, promotora da superação das diferenças. Somos Agostiniano 2019: cada vez mais fortes!

 

 

Nossos diretores

Pe. Serafin Martínez: 1964

Pe. Angel Frando: 1965

Pe. Antonino Fernández: 1966

Pe. Eleutério de La Peña: 1966 – 1969

Pe. Cirilo Garcia: 1969-1973

Pe. Vitoriano Fernnadez: 1973 – 1976

Pe. César Rafael Rodríguez: 1976 – 1996

Pe. Fidel Revuelta González: 1997 – 2003

Pe. César Rafael Rodríguez:  2004 – 2015

Pe. Eduardo Flauzino: 2016 - ...

Copyright © 2019 Colégio Agostiniano - Escola. Todos os Direitos reservadoss. Cerrado Propaganda   Desenvolvido por Cerrado Propaganda