Sobre nós

Home / Sobre nós

História

Em 1954, os Padres Agostinianos chegaram a Goiânia ansiosos por dinamizar mais ainda a obra de missões e de assistência religiosa. Fundaram a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, iniciando um trabalho de amor e fé em prol da evangelização. Mas o espírito inquieto dos agostinianos não sossegava e a construção de um colégio era uma meta a cumprir.

Em 21 de agosto de 1958, foi aprovado o projeto da futura escola, na Secretaria de Viação e Obras Públicas. No dia 15 de setembro de 1959, os alicerces do vindouro colégio podiam ser vistos pela comunidade a qual aguardava ansiosa pelo benefício no espaço que havia sido demarcado para esse fim. O projeto arquitetônico foi idealizado por Dr. Felix de Souza e Sr. Eurico Godoi, arquitetos renomados da capital.

Muitas lutas e sacrifícios os Padres Agostinianos tiveram de enfrentar para a realização de seus ideais. Finalmente, em 1964, desponta, em Goiânia, uma história de paixão e de compromisso com a educação: foi inaugurado o Curso Primário (atual Ensino Fundamental I) e, gradativamente, instalados outros cursos. Nascia assim o Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima.

Em 1965, iniciou-se o Curso Ginasial e, a partir desse momento, o número de alunos foi aumentando significativamente. Por isso, o colégio necessitava de mais espaços e de um Ginásio Esportivo. A autorização para a construção do mesmo foi concedida em 28 de abril de 1967. O complexo, construído pela Empresa Engil e entregue em 1968, teria 770 m2. O espaço passou a ser usado para as aulas de educação física, as práticas esportivas da comunidade, os eventos da época e também para os encerramentos dos Cursilhos de Cristandade e Encontros de Jovens e de Casais.

Em 04 de janeiro de 1973, foi construído um pavilhão com três amplas salas, instalações sanitárias e um parque de recreio. O Colégio tornou-se mais forte e mais conhecido pela sua filosofia de educação. Tanto que, em 1977, as dependências já não atendiam à insistente procura das famílias. O Agostiniano Nossa Senhora de Fátima, nesse período, tinha 1522 alunos matriculados.

Um novo prédio seria construído. A aprovação do projeto deu-se em 30 de abril de 1979. O arquiteto foi Sr. Francisco de Assis Morais e a responsabilidade da construção ficou aos cuidados da Empresa Jardins Engenharia e Construções Ltda. A construção teve seu início em 16 de outubro de 1979 e a entrega do prédio ocorreu em 25 de fevereiro 1981.

O Colégio inaugurou um novo prédio (Novo Agostiniano) com capacidade para comportar um número muito maior de alunos. Tinha forma retangular, com uma área construída de 5.789,81 m2, em três plantas, subsolo e 41 salas de aula. Era uma construção moderna e projetada para um grande desempenho do corpo discente.

Em 1989, foram comemorados os 25 anos do Colégio, que continuava crescendo por oferecer a seus alunos uma formação integral, agostiniana e cristã.

No dia 27 de agosto de 1991, o Colégio inaugurou o Auditório e o novo Ginásio de Esportes. Esses espaços contribuíram substancialmente para ampliar a qualidade das atividades culturais, artísticas e esportivas desenvolvidas no Agostiniano.

Os Padres Agostinianos decidiram demolir o primeiro prédio, para construir outro, maior e mais moderno. Em 25 de junho de 1996, foi inaugurada a Unidade II do Colégio. Além de salas de aula, conta com um amplo salão para palestras, salas para orientação escolar, sala dos professores, capela, departamento cultural, além da parte administrativa.

Em 2014, celebram-se as nossas Bodas de Ouro. Momento significativo para a comunidade e os Padres Agostinianos por viverem conquistas tão importantes e ver realizados muitos sonhos dos fundadores.

Os avanços, ao longo dos anos e décadas, não pararam. Hoje, o diretor do Colégio Agostiniano Nossa Senhora de Fátima, Eduardo Flauzino, que iniciou sua administração em 2016, constantemente traz melhorias à instituição, tais como biblioteca ampla, novos espaços esportivos, parquinhos com vila para a Educação Infantil.

Em 2017, a participação leiga em nossa escola foi fortalecida. Eduardo Flauzino nomeou como Diretora Pedagógica Adriana Ribeiro de Freitas, cuja contribuição como coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental II já era imensa, visto que tem amplo conhecimento do ensino e da espiritualidade agostiniana.

Vivem-se novos tempos… um colégio com tecnologia de ponta, Formação Continuada para os professores, Escola de Pais, Religiosidade e Espiritualidade Agostiniana nos projetos de Voluntariado e Encontro de Jovens (Coração Inquieto). Somos um Agostiniano comprometido, desde sempre, com uma educação inclusiva, promotora da superação das diferenças. Somos Agostiniano 2019: cada vez mais fortes!

Nossos diretores

  • Pe. Serafin Martínez: 1964
  • Pe. Angel Frando: 1965
  • Pe. Antonino Fernández: 1966
  • Pe. Eleutério de La Peña: 1966 – 1969
  • Pe. Cirilo Garcia: 1969-1973
  • Pe. Vitoriano Fernnadez: 1973 – 1976
  • Pe. César Rafael Rodríguez: 1976 – 1996
  • Pe. Fidel Revuelta González: 1997 – 2003
  • Pe. César Rafael Rodríguez: 2004 – 2015
  • Pe. Eduardo Flauzino: início em 2016

Prédio Unidade 1

Prédio Unidade 2

Biblioteca Padre Mendel

Teatro

Piscina

Parquinho

Ginásio de Esporte

Quadra Poliesportiva

Quadra Poliesportiva Central

Sala de Aula ( Infantil )

Corredor da Unidade I

Banheiro ( Infantil )

Horta ( Infantil )

Agos High School

Enfermaria

Lanchonete

Capela

Sala do Soninho

Sala de Linguagem

Oficinas de Artes

Sala de Arte ( Infantil )

Laboratório de Química

Refeitório do Integral

Restaurante Hipona

Cinema

Estrutura Organizacional

ORIENTAÇÕES GERAIS

1. ORIENTAÇÕES GERAIS
1.1 Filosofia e Proposta Pedagógica

Como dispõe o Regimento Escolar, o COLÉGIO AGOSTINIANO NOSSA SENHORA DE FÁTIMA tem por princípio educar na filosofia agostiniana, a partir de seus carismas: Interioridade, Vida em Comunidade e Caridade.

Sua Proposta Pedagógica é comprometida com dois pilares fundamentais para o desenvolvimento de uma ação educativa sistemática e integrada às necessidades dos tempos modernos:

Construção do conhecimento científico nas diversas áreas de conhecimento, de acordo com as exigências curriculares de cada período, ao preparar o aluno para vencer os desafios e demandas do mundo contemporâneo.

Formação para o exercício da cidadania e solidariedade, ao trabalhar princípios éticos e cristãos, para formar jovens responsáveis, autônomos e solidários.

O Colégio tem por objetivos:

  • Educar para a reflexão, interiorização e transcendência – bases da filosofia agostiniana; 
  • Possibilitar a interação com o outro, na relação horizontal com os irmãos em Cristo e na vertical com Deus;
  • Zelar pela qualidade do ensino e da aprendizagem, propiciando condições e possibilidades de construir conhecimentos, habilidades e competências para atuar no mundo de forma efetiva; 
  • Desenvolver atividades pedagógicas contínuas e progressivas que possam atender às necessidades inerentes às faixas etárias e níveis de ensino ministrados pelo Colégio;
  • Assegurar a organização e o desenvolvimento das suas atividades, áreas de estudo e disciplinas, visando atingir os fins e objetivos previstos na Lei 9.394/96, Lei Complementar nº 26/98 e Resoluções específicas dos Conselhos Municipal e Estadual de Educação;
  • Oportunizar o estudo diário, a construção do conhecimento, o desenvolvimento do espírito de pesquisa, numa interação harmoniosa entre os conteúdos e a realidade da vida;
  • Desenvolver a iniciativa e a sensibilidade criativa do aluno, através do estudo, do pensamento, do questionamento, da reflexão, da análise, tendo em vista a formação de um ser de reciprocidade e alteridade;
  • Possibilitar ao aluno condições de uma escolha profissional consciente e segura, capaz de conduzi-lo à realização pessoal, exercendo sua profissão com competência e responsabilidade;
  • Oferecer as condições acadêmicas para que o aluno possa concorrer nos exames vestibulares relativos ao curso e à faculdade de seu interesse. 

São oferecidos os cursos previstos para cumprir todo o Ensino Básico:

– Educação Infantil

Maternal (2 anos), Infantil I (3 anos), Infantil II (4 anos) 

Infantil III (5 anos) – matutino e vespertino

– Ensino Fundamental I 

1º ao 5º ano – matutino e vespertino

– Ensino Fundamental II 

6º ao 9º ano – matutino

– Ensino Médio – matutino

– Ensino em tempo integral – do Infantil I ao 9º ano

O Colégio Agostiniano possui três Unidades:

Unidade I – Educação Infantil e Ensino Fundamental I

Unidade II – Ensino Fundamental II

Unidade III – Ensino Médio

2.1 Sistema de avaliação

A avaliação é uma ferramenta necessária para acompanhar o processo de aprendizagem e formação do estudante, pois oferece condições de intervir de modo a sanar as dificuldades presentes e a redirecionar o trabalho do professor. Por isso, é um processo contínuo, processual, dinâmico e cumulativo. Nosso sistema avaliativo é composto por 4 períodos, assim divididos: 

  • 1º Período – peso 1 (um);
  • 2º Período – peso 1 (um);
  • 3º Período – peso 1 (um);
  • 4º Período – peso 2 (dois);

Em cada período, temos três diferentes formas de avaliações que buscam valorizar os aspectos qualitativos e formativos dos alunos, sendo elas: 

  1. a) Avaliação Complementar (valor 10,0) 
  2. b) Avaliação Processual (valor 9,0) 
  3. c) Avaliação Qualitativa/Portfólio (valor 1,0) 

Ao final do período, a média (valor 6,0) é calculada da seguinte forma: Avaliação Processual + Avaliação Qualitativa + Avaliação Complementar) ÷ 2. Ao final do 4º período, a média anual é obtida pela soma das médias dos 3 (três) períodos com peso 1 (um), acrescida da média do 4º período com peso 2 (dois), dividindo-se por 5 (cinco). 

É considerado aprovado o aluno que, após o cumprimento dos 200 dias letivos, obtiver média anual igual ou superior a 6,0 (seis), com um total de 30 (trinta) pontos em cada disciplina e frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento).

Os três anos iniciais do Ensino Fundamental são considerados como um bloco pedagógico, assegurando ao aluno a alfabetização para a compreensão da leitura dentro do seu mundo circundante. A avaliação dos alunos é realizada mediante acompanhamento e registro do desenvolvimento, voltado para ampliar para todos eles as oportunidades de sistematização e aprofundamento das aprendizagens básicas, imprescindíveis para o prosseguimento de estudos.

Se o aluno perder a avaliação complementar ou processual, os pais/responsáveis deverão comunicar a escola e procurar a secretaria escolar, para requerer a avaliação substitutiva, mediante o pagamento da taxa de R$ 40,00. A apresentação do atestado médico isenta o pagamento da referida taxa. 

Para não privar o aluno de nenhuma aula, as avaliações substitutivas serão aplicadas:

a) No Ensino fundamental I – Para os alunos do 2º ao 5º ano, do período matutino, as avaliações serão realizadas às 13h30 (3ª, 4ª e 6ª feiras). E, para os alunos do turno vespertino, as avaliações serão realizadas às 8h da manhã, agendadas pelas Professoras Orientadoras.

b) No Ensino Fundamental II – Para os alunos do 6º, 7º e 8º Anos, as avaliações ocorrerão no sexto horário (11h50 às 12h40), e, para os alunos do 9º Ano, no período vespertino (15h), às 2ª, 4ª e 6ª feiras, conforme o agendamento das Professoras Orientadoras. 

c) No Ensino Médio – As avaliações serão aplicadas no período vespertino (15h), às 2ª e 4ª feiras, conforme o agendamento da Professora Orientadora.

Obs.: 1) Não há substitutiva para avaliação de recuperação paralela.

2) Não há substitutiva para simulado.

a) Na Educação Infantil – São feitos relatórios individuais da aprendizagem e desenvolvimento das crianças, os quais são entregues aos pais, em reunião, trimestralmente.

b) Do 1º ao 9º Ano – Os pais ou responsáveis pelos alunos do Ensino Fundamental tomam conhecimento dos resultados das avaliações de cada período, através do boletim escolar entregue em reunião de pais.

c) No Ensino Médio – Os pais ou responsáveis pelos alunos do Ensino Médio tomam conhecimento dos resultados das avaliações de cada período, através do boletim escolar entregue ao final de cada período bimestral.

 A Recuperação do conteúdo é possibilitada ao aluno das seguintes formas:

a) Recuperação Paralela:

Modalidade de recuperação processual a qual tem por finalidade suprir as insuficiências e dificuldades verificadas na aprendizagem do aluno. Ocorre concomitante ao período letivo, sob forma de recapitulação dos conteúdos trabalhados, da participação do aluno em aulas de Revisão e Estudo, resoluções de tarefas programadas e listas de exercícios enviadas para casa. Após a recuperação processual, aquele que não alcançou média 6,0 (seis) poderá realizar nova avaliação, mediante requerimento da mesma na secretaria escolar, com o pagamento da taxa de R$ 40,00. Os alunos do período integral são isentos dessa taxa.

O aluno em Recuperação Paralela pode ter a média do período alterada, desde que obtenha no mínimo 50% (cinquenta por cento) do valor das avaliações aplicadas. Não obtendo essa porcentagem, a média permanecerá a mesma.  A nota máxima para o aluno que optar em fazer a avaliação de Recuperação Paralela não ultrapassa 6,0 (seis). A Recuperação Paralela é oferecida somente no 1º, 2º e 3º período. No 4º período não há Recuperação Paralela.

b) Recuperação Especial: 

Finalizado o 4º (quarto) período, nas disciplinas que o aluno obtiver Média Anual (MA) inferior a 6,0 (seis) este será submetido à Recuperação Final (RF). É considerado aprovado em todas as disciplinas o aluno que, após a Recuperação Final (RF), obtiver a média final (MF) igual ou superior a 6,0 (seis) e frequência igual ou superior a setenta e cinco por cento (75%).

Primamos por manter a família sempre informada sobre o desempenho do(a) aluno(a) e das intervenções que forem necessárias, no intuito de criar uma parceria produtiva no processo de conscientização do(a) mesmo(a) sobre suas conquistas e dificuldades.

A frequência às aulas e às demais atividades escolares só é permitida ao aluno regularmente matriculado. Seu registro é realizado em cada aula ou atividade e é lançado, obrigatoriamente, pelo professor, no Portfólio. As faltas dos alunos são justificadas, mas não são abonadas.

As aulas de Educação Física da Educação Infantil, Fundamental I e II acontecem durante o período regular e as aulas do Ensino Médio, no contra turno.

É obrigatória a presença nas aulas de Educação Física a todos os alunos do Ensino Fundamental e Médio, conforme a Resolução nº 04 do CEE de 07/07/06, art. 5º. E para participar das aulas é obrigatório o uso do uniforme completo (bermuda e camiseta do uniforme e tênis adequado para prática esportiva). Informamos que após 02 (duas) aulas que o aluno comparecer sem o uniforme completo, o mesmo será suspenso.

Somente é permitida a saída do aluno, fora do horário normal, atendendo a motivo justo e a pedido dos pais ou responsáveis, feito por escrito. Casos especiais serão resolvidos pela Professora Orientadora do(a) respectivo(a) Ano/Série.

O material didático da Educação Infantil à 3ª série do Ensino Médio poderá ser adquirido no almoxarifado do Colégio, conforme listas disponíveis, a partir de dezembro, na recepção da Unidade II, e divulgadas no site www.agostiniano.com.

Iniciadas as aulas, os alunos deverão estar com todos os materiais especificados na lista, com identificação do nome, ano, série e turma.

O aluno deve zelar pelos seus objetos escolares, pois faz parte do processo o desenvolvimento da autonomia e da responsabilidade.

Tão logo se perceba que algo foi esquecido no Colégio, procurem imediatamente a equipe disciplinar ou peça que seu(sua) filho(a) o faça.

Horário de funcionamento:

7h às 13h – matutino
14h às 19h – vespertino

As tarefas de casa são obrigação inerente da prática discente, elemento sem o qual não se torna possível garantir o sucesso do ensino e da aprendizagem. As mesmas são registradas diariamente na agenda escolar (Ens. Fundamental I) e na agenda eletrônica (Ens. Fundamental II e Médio), disponível no endereço eletrônico www.agostiniano.com – Portal do Aluno (login e senha serão distribuídos no início do ano).

Em caso de não realização das atividades propostas, medidas pedagógicas serão tomadas: orientação individualizada, conversa com os pais e encaminhamento do(a) aluno(a) para casa, para que ele possa realizar as atividades pendentes.

3.1 Horário das aulas - Local de entrada e saída - Aulas extras

São permitidos apenas dois atrasos por mês na primeira aula. No terceiro atraso, não será permitida a entrada do aluno em sala, mesmo que nesse dia estejam programadas avaliações processuais ou complementares. Favor não insistir.

a) O aluno da Educação Infantil e Ensino Fundamental I, ao chegar atrasado, deverá dirigir-se à recepção da Unidade II (rua 6-A), para que seja registrado seu atraso e aguardar a Assistente de Orientação, para conduzi-lo à sala de aula. O atraso será justificado mediante a apresentação de atestado médico.

b) O aluno do Ensino Fundamental II e Ensino Médio que chegar atrasado deverá dirigir-se à recepção da Unidade II (rua 6-A), para que seja registrado seu atraso, e aguardar no pátio, até o início da 2ª aula.

O uso do uniforme completo é diário e obrigatório, seja no período normal das aulas ou em atividades complementares e atividades extraclasse. O modelo padrão, de cada fase de ensino, encontra-se à venda no Almoxarifado, situado na recepção da Unidade II (rua 6-A).

Não é permitido o uso de qualquer camiseta ou adereços (adesivos, botons, etc.) sobre a camiseta do Colégio, inclusive casaco ou blusão de frio, que não componham a grade de uniforme.

Como o agasalho é permitido:

a) Blusa de frio do Colégio (é importante e necessário a identificação com o nome do aluno).

b) Ou blusa de malha branca por baixo da camiseta do uniforme.

É proibida a confecção de camisetas individuais das turmas e/ou grupos, a menos que seja uma atividade programada pelo Colégio.

Para as aulas de laboratório (Fundamental II e Ensino Médio) é indispensável o uso do jaleco branco.

Calçados

a) Educação Infantil ao 5º ano: podem ser usadas sandálias (sem ser de dedo ou rasteirinhas), tênis, crocs ou sapatos em cores neutras. Não é permitido o uso de botas, chinelos e sandálias de salto.

b) Do 6º ano ao Ensino Médio: tênis ou sapatos de cores neutras.

Uniforme de Educação Física

Camiseta padronizada pelo Colégio, bermuda de malha (modelo exclusivo com a logomarca do Colégio).

O uniforme de Educação Física deve ser usado também nas aulas extras.

Os alunos que fizerem a opção por atividades, como: dança, judô e natação, devem adquirir o uniforme dessas modalidades e usá-lo nas aulas.

As informações da escola acontecem por meio da agenda escolar, e-mails, e aplicativo de celular (IsCool App), sobretudo, pelas circulares, nas quais pode ser solicitado o protocolo com assinatura dos pais ou responsáveis. Além dessas formas, todos os comunicados são postados no site da escola.

Sempre que necessário, convocamos os pais para tratarmos, reservadamente, de assuntos referentes ao seu(sua) filho(a).

Quando os pais necessitarem, poderão agendar um horário de atendimento, na recepção da Unidade II (rua 6-A) ou pelo telefone 3212-2761.

Não é permitido a entrega na recepção, de lanche, atividades escolares, dinheiro, brinquedos e outros, com exceção de ÓCULOS e REMÉDIO.

Desta forma, atente-se se seu filho está trazendo para a escola, todos os materiais necessários para as aulas do dia.

Patrimônio escolar é o conjunto de bens móveis e imóveis que formam a parte física da Escola. E todo nosso patrimônio é de uso comum, devendo ser conservado pelos alunos. Caso houver comprovação (por nosso sistema de monitoramento) ou haja flagrante de algum dano causado ao patrimônio, a família do(a) aluno(a) envolvido arcará com as despesas de restauração do mesmo.

O Colégio Agostiniano implanta uma disciplina séria, compreensiva, humana, porém sem fraqueza ou tolerância para abusos.

São deveres do(a) aluno(a):

  • respeitar a autoridade da equipe educativa;
  • ser pontual, assíduo(a) e dedicado(a) ao trabalho escolar;
  • tratar com cortesia colegas, funcionários e professores;
  • usar o uniforme completo em todas as atividades escolares;
  • Fazer o devido registro biométrico ao entrar no Colégio;
  • ocupar em sala o lugar que lhe foi designado e ser responsável pela respectiva carteira;
  • manter, durante as aulas, atitude de respeito e atenção;
  • ressarcir os prejuízos, quando produzir danos a materiais do Colégio, fizer pichação ou subtrair objeto de propriedade alheia;
  • cooperar com a limpeza e conservação das dependências do Colégio;
  • participar das aulas de reforço, quando convocado(a);
  • entrar na sala de aula ao sinal correspondente e dela não sair, antes de seu término, sem autorização dos professores;
  • dirigir-se à sua residência, após o término das aulas, e evitar formação de grupos nas portas do Colégio;
  • manter livros, cadernos e demais pertences escolares devidamente cuidados;
  • levar ao conhecimento da equipe pedagógica qualquer situação de bullying ocorrida no Colégio.

É vedado ao(à) aluno(a):

  • portar objetos estranhos ao trabalho escolar;
  • portar armas ou outros objetos perigosos;
  • fumar, ingerir bebidas alcoólicas ou fazer uso de outras substâncias tóxicas nas dependências ou imediações do Colégio;
  • utilizar celular, máquinas fotográficas, filmadoras ou gravadores nas dependências do Colégio, sem a devida autorização;
  • estimular ou envolver-se em brigas, bem como manifestar conduta agressiva ou promover brincadeiras que impliquem risco de ultrajes morais ou ferimentos, mesmo que leves, em qualquer membro da comunidade educativa;
  • comercializar dentro do Colégio: rifas, coletas, viagens, passeios, usando o nome da instituição sem autorização.
  • Serão consideradas faltas graves:
  • descumprimento das normas anteriores;
  • agressão ou tentativa de agressão física à direção, professores, funcionários ou colegas;
  • procedimentos ofensivos aos bons costumes e à moral;
  • cenas de conotação afetiva amorosa nas dependências da escola;
  • apropriação de qualquer objeto de valor, do Colégio ou de outrem;
  • desrespeito aos símbolos nacionais;
  • posse e porte, em qualquer momento, de arma, bebidas ou substâncias tóxicas;
  • danos e adulteração de registros, provas, boletins e outros documentos escolares, através de qualquer método, inclusive com uso de computadores ou outros meios eletrônicos;
  • uso de quaisquer meios ilícitos (colas ou cópias) com relação às avaliações.

Caso algumas dessas práticas não forem respeitadas pelo discente, de forma persistente, o mesmo poderá sofrer as seguintes penalidades:

  • Advertência verbal, em particular;
  • Advertência por escrito aos pais ou responsáveis;
  • Encaminhamento para a sala da Professora Orientadora, Coordenação Pedagógica ou Direção;
  • Suspensão de até 4 dias. Casos de suspensão poderão acarretar o impedimento do aluno na participação de atividades culturais e/ou esportivas.

Para alunos do Fundamental I/II e Ensino Médio, não são permitidas comemorações de aniversário e outros eventos em sala de aula, nem outras formas de comemoração no pátio do Colégio e imediações, em razão do tumulto ocasionado e do potencial prejuízo causado a terceiros.

As comemorações de aniversários na Educação Infantil e 1º ano, em sala de aula são permitidas, desde que se faça o agendamento prévio com a professora responsável pela sala. A família pode optar por mandar somente o bolo e descartáveis (pratos, colheres e guardanapos). Salgados, doces e sucos são opcionais. Não é permitido decoração com balões, enfeites, chapéus, convites e participação de familiares e alunos de outras salas.

O uso do celular obedecerá os seguintes critérios, de acordo com a fase do ensino:

a) Fundamental I: não é permitido em sala de aula e nem durante o recreio. Somente ao final das aulas, para entrar em contato com os pais.
b) Fundamental II: não é permitido em sala de aula.
c) Ensino Médio: não é permitido em sala de aula.
Observação:

Até mesmo por motivos de segurança, pedimos especial atenção dos senhores para esse quesito. Caso queiram entrar em contato com os seus filhos, liguem para nós, no Colégio (3212-2761), que estabeleceremos a comunicação entre vocês, imediatamente. Caso os seus filhos queiram entrar em contato com os senhores, peçam que procurem a sala da Professora Orientadora, local onde terão disponibilizadas as ligações e a devida privacidade.